Mídias Sociais – Advogados

Já ouvi um advogado dizer (e olha que prezo muito a inteligência destes profissionais): “O Marketing Online não pode ajudar um advogado, nossos clientes são reais, não virtuais.”

De certa forma concordo com ele, mas respondendo ao argumento dele tenho apenas que explicar (tenho mesmo?) que por trás de todo IP (Internet Protocolo) existe uma pessoa real, com necessidades, opiniões e problemas reais.

E quem pode garantir que a pessoa por trás do IP não precise realmente de um advogado? Que profissional ou empresa, em sã consciência, vai ignorar as possibilidades de conquistar este novo clieente?

Não um advogado, com certeza.

E quando falamos de Marketing Pessoal e Profissional, falamos de anúncios pagos e gratuitos, otimização de sites e blogs e, com certeza de Mídias Sociais.

Eu inicei esta sequência de artigos começando com Marketing Profissional – Advogados no qual falei sobre as vantagens de um advogado ter um site ou blog, agora vou falar sobre as vantagens que as Mídias Sociais podem trazer para estes profissionais e como usá-las de forma efetiva.

Facebook

Um dos maiores problemas que ocorrem com profissionais liberais é a mistura do perfil pessoal com o profissional, quando estamos entre amigos nos sentimos à vontade para compartilhar algumas imagens engraçadas, comentários picantes ou até mesmo fotos de noites mais animadas.

Estas são coisas particulares, momentos da vida pessoal de um advogado jovem que merece férias, feriados e finais de semana como todos nós.

E, acredite em mim, se esse advogado não possui uma Fan Page, uma página de negócios no Facebook, os clientes cedo ou tarde chegarão ao seu perfil pessoal e, por curiosidade, admiração ou apenas para poder ter acesso ao advogado, os clientes acabarão adicionando este advogado como “Amigo”.

Um advogado não quer ser amigo de um cliente, nem deveria, mas como evitar isso?

Minha recomendação é: Crie uma Fan Page onde seus clientes possam compartilhar seu conteúdo e curtir sua página, sem necessáriamente participarem do seu grupo de amigos.

Um fã não é amigo, eles estão lá para lidar com o profissional e não com a pessoa, tentar um relacionamento profissional, acessar uma consultoria rápida, ler artigos que possam lhe interessar, etc.

Criar uma Fan Page é fácil:

Caso você ainda não possua uma conta pessoal, você pode criar uma através do endereço http://www.facebook.com; Com o perfil pessoal criado, acesse: https://www.facebook.com/pages/ para criar sua Fan Page (ou a de seu escritório).

Basta seguir as instruções e você terá uma página de negócios no Facebook.

Não se esqueça de configurar a URL da página. Inicialmente o Facebook define um número para a Fan Page, mas você pode personalizá-la com o nome da sua firma ou simplesmente com www.facebook.com/seunomeadv.

Para personalizar o nome da Fan Page é preciso que você tenha, no mínimo 30 fãs, o que é possível conseguir rápido com a ajuda de amigos e clientes.

 3

Twitter

Sem dúvida o Twitter está em pleno crescimento. Além de oferecer vantagens como o número reduzido de caracteres a serem publicados , o Twitter oferece um sistema de busca eficiente e é considerado como a melhor Mídia Social para promover uma empresa.

O uso de palavras chave para a busca de empresas, profissionais e pessoas vai muito além da capacidade ainda pequena de resultados do Facebook e permite um tipo de publicidade muito mais.

Além disso as Hashtags permitem destacar palavras ou frases estratégicas para a divulgação de alguns temas.

Para criar uma conta no Twitter você só precisa acessar https://twitter.com selecionar a opção “Inscreva-se”  e seguir o passo a passo, o único problema é que o nome de Twitter tem um limite de caracteres (não mais do que 15) e é preciso que se use de muita criatividade para se acertar na escolha. Sugiro que o advogado utilize uma terminação como “adv”.

É importante dar especial atenção à parte da Bio pois este é o texto de apresentação que aparecerá logo abaixo do nome de Twitter, este texto descreverá o profissional ou a pessoal.

4

LinkedIn

Embora ainda pouco divulgado no Brasil o LinkedIn é a maior rede social ligada a profissionais e empresa no Brasil. Nele o advogado poderá ter acesso a firmas de advocacia que buscam novos associados, clientes e colegas de profissão.

O LinkedIn possui uma enorme variedade de profissionais, diretores de empresas, recrutadores, executivos e profissionais liberais.

No LinkedIn você não vai ter acesso a jogos, fotos de crianças e cachorros ou mensagens de otimismo. Em uma definição simples: O LinkedIn é uma rede social de negócios.

Abrindo uma conta no LinkedIn

Acessar http://br.linkedin.com/ e preencher o formulário inicial do lado direito da página e clique em “cadastre-se agora” são os primeiro passos.

Depois de cadastrar seu perfil pessoal, você pode criar uma página empresarial, se quiser.

Depois disso é apenas uma questão de encontrar amigos, colegas de faculdade e clientes antigos e futuros.

É isso, acredite em mim, advogados podem ganhar, sim, e muito com uma boa campanha de Marketing Online ou com um bom Gerenciamento de Mídias Sociais, ou ambos.

De resto é manter-se ativo, promover conteúdos interessantes e relevantes dentro de sua área, participar de grupos, comunidades e esperar o retorno que, com certeza, virá.

LINKEDIN

Google Plus

Muita gente vai fazer uma careta ao ler essa parte, afinal o G+ é considerado o patinho feio das Mídias Sociais, mas ele oferece algo que nenhuma outra oferece: Acesso mais rápido às páginas de pesquisa do Google.

E isso, meu caro Doutor é algo que muitas empresas pagam caro para conseguir.

Para possuir uma página empresarial no Google Plus você deve seguir mais ou menos os mesmos passos do Facebook, ter um perfil pessoal primeiro, mas, se você possui um e-mail do Gmail, este perfil pessoal já está lá, esperando por você, caso contrário será necessário criar uma conta de e-mail e o perfil será criado automaticamente.

Uma vez em seu perfil pessoal, você encontrará no alto, do lado esquerdo da página, um menu suspenso “Início” clicando ali você terá acesso à páginas, a partir daí é só seguir as instruções.

G+

E, para finalizar, uma pequena dica: Não importa quais ou quantas Mídias Sociais você escolher, não a deixe abandonada, isso depõe contra você e acaba sendo mais prejudicial do que você imagina.

É isso, espero ter ajudado de alguma forma e, caso precise de um gestor para suas Mídias: www.suacampanha.com às suas ordens!

Gostou? Compartilhe!

Post relacionado:

Marketing Profissional – Advogados

 

Peça um orçamento gratuito:

The following two tabs change content below.
Apaixonada por novas tecnologias, técnica em informática, com cursos em marketing online, marketing político digital, gestão de mídias sociais, SEO, marketing inbound, html e Google Adwords. Faço parte do Google Partners como forma de beneficiar meus clientes com o que o Google oferece de melhor. Redação de conteúdo é meu ponto forte, mas marketing político é minha verdadeira paixão.

Latest posts by Iris Azevedo (Marketing Político Digital) (see all)