1º P – Possibilidades

MARKETING COMEÇA COM POSSIBILIDADES.

Através de uma boa pesquisa inicial, secundária, você deve analisar todas as possibilidades do candidato.

Concorrência, público alvo, demografia e todas as variações de “mercado” que podem ajudar ou prejudicar seu candidato.

Concorrência/Adversários:

Analisar os concorrentes comerciais é relativamente fácil, mas quando se trata de política isso se torna um pouco mais sutil.

É importante que se tenha uma visão clara de propostas, partidos, aliados, credibilidade, canais de mídia utilizados…

Cada detalhe é importante para evitar erros desnecessários na hora de lançar uma campanha de marketing político vencedora.

Não vai adiantar você lançar uma campanha com propostas semelhantes a de seu principal adversário, na mesma região e utilizando os mesmos canais de mídia, certo?

Uma boa analise das possibilidades pode evitar um gasto financeiro e de tempo que podem ser utilizados de forma mais eficiente.

Análise do mercado:

A análise de mercado envolve principalmente os eleitores, comunidades, faixa etária, localização e necessidades.

Para conquistar o eleitor é preciso que o candidato saiba falar a língua dele, se mostrar solidário com suas necessidades, apresentar um bom plano que beneficie sua comunidade.

Conhecer as necessidades específicas de cada comunidade é prioritário para se obter a atenção dos eleitores, assim como conhecer as lideranças locais e organizações que beneficiam as comunidades.

Jovens lideranças são uma força importante para se conquistar e manter como apoio em um campanha de marketing político, eles são os formadores de opinião, a força motriz por trás de cada comunidade.

É importante também, neste ponto, ter conhecimento dos pontos fortes dos adversários na região, as benfeitorias feitas, as promessas cumpridas ou não cumpridas, usar a decepção de uma comunidade com um político a favor da campanha de seu candidato é fortalecer ele, sempre mantendo em mente que fazer promessas sem possibilidade de cumpri-las é não apenas desonesto, mas um grande passo para não conseguir uma reeleição.

Informação é a diferença entre uma campanha com grandes possibilidades de vitória e uma que depende da sorte.

Então, quanto mais bem informada estiver a equipe de campanha e o candidato, maiores são as possibilidades de vitória.

Gostou? Compartilhe!

Posts relacionados:

4 Ps no Marketing Político Digital

Peça um orçamento gratuito:

 

The following two tabs change content below.
Apaixonada por novas tecnologias, técnica em informática, com cursos em marketing online, marketing político digital, gestão de mídias sociais, SEO, marketing inbound, html e Google Adwords. Faço parte do Google Partners como forma de beneficiar meus clientes com o que o Google oferece de melhor. Redação de conteúdo é meu ponto forte, mas marketing político é minha verdadeira paixão.

Latest posts by Iris Azevedo (Marketing Político Digital) (see all)